Maldonado, um segundo Montoya?

A temporada 2011 da F1 está por começar e a equipe Williams tem um grande trabalho pela frente. Depois da perda de seus principais patrocinadores de uma vez só ano passado, a equipe de Frank Williams tenta amenizar as coisas com a chegada do venezuelano Pastor Maldonado, campeão da GP2 Series de 2010, que chega com uma ‘ajudinha’ considerável: nada mais nada menos que o apoio do governo de Hugo Chávez, a PDVSA (que é como se fosse a Petrobrás da Venezuela).

Mas o dinheiro apenas não funciona, se é que é uma quantidade que dê para fazer alguma coisa; é como disse o Barrichello: “Falta talento na F1”. A Williams agora só não se assemelha à Hispania, por que é mais antiga na F1 e tem condições de se virar. Maldonado com certeza traz dinheiro, mas será que é um bom piloto? O mesmo aconteceu com Hulkenber, foi campeão da GP2 em 2009, apostaram nele em 2010, até mostrou alguma coisa, mas não trouxe dinheiro, então chegou um que tinha mais capital e o tirou.

Mas não estou aqui para julgar, apenas fazer uma comparação com o ano de 2001. Claro que hoje, dez anos depois as circunstâncias não são tão parecidas, mas, naquele ano, chegava à F1 através da equipe Williams, um piloto também sul americano, mais precisamente um colombiano, “pé pesado”, campeão da F-Indy, chamado Juan Pablo Montoya; a equipe não passava por “crise”, mas tentava se reabilitar na categoria depois de quatro anos sem vitórias; impulsionada pelos fortes motores BMW, a Williams havia chances de uma boa temporada.

Montoya logo mostrou sua força na Williams

Montoya teve sua primeira grande chance no Brasil, a vitória era dada como certa, até se enrolar com a ultrapassagem em um retardatário; mas o colombiano conseguiu sua primeira vitória na casa da Ferrari, em Monza, mas não foi ele o “homem do feito heroico” capaz de devolver à equipe as vitórias, Ralf Schumacher a conseguiu em San Marino. Mas o estreante da Williams teve um papel fundamental nos anos seguintes, chegando a lutar diretamente pelo título.

Depois disso, a Williams conseguiu dar uma grande estabilizada aos anos posteriores, 2002, 2003, 2004, e em 2005 começou a caída, Williams e BMW não se entendiam bem, e em 2006 a parceria acabou. Depois disso, Rosberg ,Hulkenber, Barrichello e agora Maldonado, foram chamados para tentar reviver os belos tempos da Williams F1 Team. A tarefa do venezuelano não é nada fácil, ao contrário, pode ser uma grande e dura empreitada que ele está encarando. A equipe vai para seu segundo ano com os motores Cosworth, não tem psicológico financeiro (mesmo com a ajuda da PDVSA) e em 2011 Barrichello e Maldonado terão que (como diz um amigo meu) “molhar a camisa”, mais, se quiserem obter resultados expressivos.

Aguardamos a Williams e todas as outras equipes com seus carros e novidades, que a essa altura, já estão quase prontos. Até mais!

Anúncios

8 comentários em “Maldonado, um segundo Montoya?

  1. Tenho dúvidas acerca do seu talento. Montoya era rápido e bom, Maldonado precisou de quatro temporadas para ganhar na GP2, e alguns carros destruidos, como já disseram. Se ele não fizer um resultado melhor do que Hulkenberg e Petrov em 2010 – ou seja, ser regular e não destruir carros – a sua permanência em 2012 só acontecerá por causa dos seus petromilhões. Nada de usual na Williams, afinal…

  2. Não me agrade nada ver um piloto que demorou quatro anos pra ser campeão da GP2 entrar na F1 somente por questões financeiras. Mas infelizmente esse é o mundo que vive atualmente a F1 e dificilmente acredito que sairão dele. Tenho esperanças, bem pequenas, é claro, quanto ao carro desse ano, já que acredito que Rubinho se aposenta final do ano. Gostaria de vê-lo encerrando a carreira de forma positiva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s