F1 em 2013: mais mudanças

A temporada 2011 da F1 está sendo muito bem aceita por onde passa no mundo, ainda mais com as novas mudanças que estão permitindo as tão sonhadas ultrapassagens nas corridas, a asa móvel, o KERS e os novos pneus, estão deixando quem gosta de F1 mais animados. Pena, como já disse no post da corrida da Turquia, Vettel estar tão na frente dos outros, sem disputa pelo 1º lugar.

Mas talvez uma das maiores mudanças que a F1 vai ver, são as que estão por vir em 2013, a que diz respeito dos motores das equipes. Apesar de rumores sobre uma possível não aceitação desse novo regulamento, Jean Todt, presidente da FIA, afirmou: “Nada mudou, a partir de 2013 vai haver novos motores.”

https://teamtrindade.files.wordpress.com/2011/05/jean-todt-fra-fia-president-british-grand-prix.jpg?w=300

A F1 atualmente conta com motores V8 de 2.4 L, com 18 mil giros; e para 2013, os novos propulsores serão de 4 cilindros 1.6 L, limitados a 12 mil giros e equipados com unidades de recuperação de energia (KERS); sinceramente, uma mudança bem mudada nos motores da principal categoria do automobilismo mundial.

Apesar dessa decisão já ter sido tomada em dezembro do ano passado, há quem possa “protestar” contra a mesma. Realmente, a categoria mais importante, com motores desse jeito, não deve mostrar muita coisa; e mais, Bernie Ecclestone e a Ferrari vão com certeza correr atrás de uma decisão que tente anular a nova medida de Jean Todt.

Não sei se mudar motor ajudaria “mais” no esporte. Quem não se lembra do velho e gostoso Honda V12 da McLaren, sensacional! Já que a F1 é a principal categoria do automobilismo no mundo, não vejo porque fazer uma categoria “bem lenta”, já que é a velocidade é que manda no esporte; daqui uns anos, teremos um F1 com motor de Fusca!

Vamos ver o que vai dar essa mudança, se vier, pelo menos que venha para tentar ajudar no esporte, e não pará-lo.

Anúncios

4 comentários em “F1 em 2013: mais mudanças

  1. Olá,caros…
    Ao meu ver a nova regra vêm para trazer um Up a categoria!
    Porém acho radical a questão da introdução dos 1.6 4 cilindros alimentados!Bem pegando a Era turbo do começo mesmo o que foi ela e vão repaginar isso para os dias atuais…!
    O mais correto seria ser esses motores fossem V-6´s de 1.6 ou até 2.0 Turbos alimentados.Pois o custos de um motor V6 para o desenvolvimento se falando em F-1,competição,interesses,etc…Uma melhor opção!Uma pois os V-6´s o centro de gravidade é melhor o bloco em si torce emsmo que um 4 cil.;o desenvolvimento de um V-6 é igual ou até menor do que um 4 cilindros Turbo dentro da F1;um V-6 atrai mais voltando a minha visão a terem novos mercados e atrair não somente mais um ou dois fornecedores de motores,porém mais empresas pois já tem muitas montadoras em várias outras categoria no qual correm hoje motores V-6 Turbos (seja agora com a Indy em 2012,Le Mans,…) num formato que seria mais legal as equipes,patrocinadores,público,retorno de imagem as montadoras,…A melhor época que me lembro da F-1 foi a Era Turbo de 1983 à 1987!!!Qual eram os motores que andavam na frente eram os V-6´s de 1.5/1.6L que dar saudades daquele ronco pois faz lembrar que uma Era a mais aquela que eu e o brasil gostava de ligar a TV bem cedo ou na madrugada só para assistir aquelas que foram as melhores corrida e sem dúvida a grande Era de Ouro,tomará que volte uma paltaforma similar do era antigamente nos anos 80…
    O que também tinha que voltar além dos motores alimentados seria autodrómo no calendário sem terem aquelas curvas chatas travadas,deveria ter mais pistas com curvas longas e rápidas de pé em baixo!Tipo daquelas curvas no qual fazu m piloto que é Ateu a reza para fazer-la!!!Aí sim o esporte será mais competitivo entre todos os pilotos e equipes…Mas tem cara que 2013 será bem interessante a F-1!!!As forças podem mudar quem sabe a Ferrari não volta a ser “A Ferrari”!A Mc Laren a flecha de fato!Ou té a Mercedes GP dar show em 2013;…
    Mas o fato é o seguinte desde de que a F-1 TENHA UM RONCO TÍPICO PORÉM MAIS GRAVE E COM AQUELE ZUMBINHO DO MOTOR ALIMENTADO E ALTA VELOCIDADE!BELEZA,POIS O NEGÓCIO NEM SEMPRE ESTÁ EM CILINDROS,EM LITROS,RPM´S,…E SIM NO PESO E POTÊNCIA A F-1 TRABALHA NO LIMITE DA PROPOSTA DA ENGENHARIA E ASSIM QUE SEM QUERER OU QUERENDO DESCOBREM NOVOCONCEITOS,ETC,QUE DEPOIS VÊ MAS RUAS!!!POR ISSO QUE ESSES ENGENHEIROS SÃO “F…!”MESMO COM REGULAMENTOS X´s OU Y´s OS CARAS FAZEM O NEGÓCIOS QUE CADA VEZ MELHOR EM TERMOS TÉCNICOS MESMO OCM REGULAMENTO MAIS SEM GRAÇA!OS CARAS SEMPRE FAZEM FICAR MELHOR…RESUMINDO TUDO VAI SER DO CARA…!!!2013!!!E esse motor da Pure será que vai ser algo para sumpreender a F-1 ou algo como eram os motores Hart na F-1 nos anos 80…Só vamos ver isso daqui dois anos!!!

  2. V 6 mono turbo,mas com turbina de fases, é um avanço muito grande em relação aos anos passados, sem buraco na retomada e etc,.As caixas de marchas devem mudar pois o motor terá uma faixa útil muito maior, com um torque monstruoso em baixas rotações.Como nas motos, a quantidade de combustível deve ser o limitador,mais potencia = maior consumo…Os tempos sempre caem, isso é f1, e sempre será.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s