O final de semana desastroso do automobilsimo

Bem, hoje já é quarta-feira, e o último final de semana, foi um dos mais importantes para o automobilismo mundial. Tivemos a edição das 500 Milhas de Indianápolis, completando 100 anos; e o mais que famoso GP de Mônaco na F1. Em ambas as ocasiões, inesperados aconteceram.

Vamos começar com a corrida em Mônaco, que veio antes. Como sempre, o GP mais charmoso da F1 contou com vários momentos, é difícil dizer qual foi o mais desastroso deles; mas Hamilton bem que merece o título. O inglês fez de tudo na corrida, andou, parou, bateu, e reclamou pra caramba! O acidente com Massa iniciou o “show”; mas a marca ficou no acidente com Maldonado, o piloto da Williams nada pode fazer no ataque desesperado do inglês. Creio que o que deixou no topo da lista, foi mesmo as reclamações mais que furadas de Hamilton; depois, a desculpa pelo Twitter.

Outra coisa que matou também em Mônaco, foi o que diz respeito à bandeira vermelha na corrida. A prova foi parada a poucas voltas do final, e coisa surpreendente aconteceu; os carros sofreram alterações no grid, em regime de parque fechado. Isso seriamente estragou o possível final mais eletrizante ainda; Vettel sem pneus, Alonso no pique, e Button mais que determinado; toda essa briga foi apagada, devido à troca dos pneus. Não sei o que a FIA liberou, mas com certeza, deixou o telespectador na mão.

E agora, o ponto auge do final de semana: as 500 Milhas de Indianápolis. Sinceramente, foi uma das 500 Milhas mais calmas que já vi na vida, sem muitas bandeiras amarelas, sem muitas confusões; já vi corrida Indianápolis terminar mais de 5 horas da tarde! Mas o que marcou, foi a mais que incrível batida de John R. Hildebrand, na última curva, na última volta, da corrida mais importante de sua categoria! O estreante marcou a história da Indy; poderia ter vencido a prova, poupando combustível, tirando o pé… mas bateu, de forma muito estranha; ainda torci para ele completar a prova com o carro batido, mas não deu. Sorte de Dan Wheldon, que venceu a prova que caiu em seu colo!

Mas foram belas provas; é disso que o automobilismo precisa, mas sem muito desastre!

Anúncios

Um comentário em “O final de semana desastroso do automobilsimo

  1. Que final aquele da Indy! Nem acreditei…
    E bela corrida em Mônaco, como há muito tempo não víamos… pena que permitiram a mexida nos carros durante a bandeira vermelha. Estragou com tudo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s