Notícia “nova”

F1 Grand Prix of Japan - Race

“Temos notícia nova”, declarou o narrador da Rede Globo quando Vettel assumiu a liderança do GP do Japão após a última parada.

Uma pergunta: Desde quando o narrador não assistia uma corrida para dizer que Vettel na liderança é “notícia nova”? O alemão venceu a quinta prova seguida no campeonato. Entreguem logo o título para ele!

A Lotus “panguou” bonito em tentar fazer diferente com o Grosjean. O piloto estava com a vitória nas mãos, só que resolveram “inventar”, fizeram 2 paradas e perderam a ponta da corrida. Quem está na frente não arrisca, faz o  convencional e ganha a corrida.

Felipe Massa disse que desobedeceu uma ordem da equipe para deixar o Alonso passar. Mais uma perguntinha: Por que não fez isso antes?

A próxima prova é o chatíssimo GP da Índia. Nem sei se animo assistir a corrida…

Nota: Nem ví as últimas 5 voltas, fui dormir. Fiquei sem internet no domingo, e pelo que vejo das imagens agora (08h 40 min) foi que o Webber conseguiu passar ao Grosjean. Achei que não iria conseguir.

Barrichello na Sauber

Barrichello_1999_Imola_02_PHC

O assunto do dia dá conta de que o maior participante de GP’s na F1, Rubens Barrichello, estaria na mira da equipe Saber, ou melhor, os 10 milhões de dólares do brasileiro estariam no rumo da equipe Suiça.

Pelo andar da carruagem, Hulkenberg não deve ficar por lá. Se o russo Sergey Sirotkin chegar na equipe, ter um piloro mais esperiente no lugar do Gutierrez pode ser uma boa opção.

Em determinada situação, Barrichello referiu que para voltar à F1 “precisaria apenas de treinar o meu pescoço. Depois poderia correr amanhã”, disse. Os principais sites de F1 ao redor do mundo cravam a mesma notícia.

1º de abril fora de época?

 

Brasileiros à vista

ZM2_1847-1024x683

Em meio a tantas negociações sobre quem substituirá Kimi Raikkonen na Lotus, o nome do brasileiro Felipe Nars tem ganhado força nos últimos dias.

Rumores dão conta de que Nars estaria com um apoio financeiro de cerca de 15 milhões de dólares para ingressar na categoria, quantidade que soa bem aos ouvidos das equipes que necessitam de capital para continuarem na “brincadeira” da F1.

Eric Boullier já afirmou que a equipe precisa de investimentos para continuar crescendo, e que sua dupla de pilotos seriam anunciados nos próximos dias.

Os mais cotados até então para a vaga na Lotus são Felipe Massa e Hulkenberg, ambos sem muito apoio financeiro. O brasileiro conta com a experiência e com a moral de Bernie Ecclestone. Já Hulkenberg tem ao seu lado somente o talento.

2013 Belgian Grand Prix - Sunday

Entretanto, a Rede Globo, emissora que transmite a F1 no Brasil, já tem confirmado o investimento de patrocinadores para continuar com a programação da F1 em 2014, e não será nada interessante para ambas as partes (emissora e patrocinadores) contar com um evento desse porte sem ter um brasileiro na categoria.

Se os rumores se confirmarem, será bom para o Brasil, que contará novamente com um piloto na equipe Lotus.

Aguardemos as “cenas dos próximos capítulos”.